Escrever mais posts…

… Só quando eu me entender com o direitinho com o Blogger! Rsrs

 

Eu estou cheia de coisas para escrever, de ideias para passar, de conteúdo para colocar para fora. Depois de todo o tempo de palavras engolidas e silêncio forçado, eu estou como a Emília em Reinações de Narizinho, sofrendo de falha recolhida: quero falar, falar, falar (no caso escrever, escrever, escrever) até acabar a corda.

 

Mas ps., veja bem: explicações necessárias.

 

Não tenho a menor intenção de:

 

a. fazer desse um “blog de sucesso”: não tenho a menor ilusão de achar que minhas palavras irão alcançar milhares de pessoas. Eu não contei sobre esse espaço nem para a minha mãe!! Eu realmente só precisava de algum lugar em que escrever um pouco, esvaziar o saco antes que fique cheio… compartilhar alguma coisa que eu possa achar muuuito boa (ou muuuito ruim, quem sabe?) com o mundo. É como soltar uma bolha de sabão no ar: pode ser que ninguém veja, mas já alegrou a pessoa que fez a bolha, e isso basta 🙂

 

b. fazer propaganda agressiva em outros lugares e meios: acho hor-ro-ro-so, quando vejo tags no instagram (por exemplo), de gente que curte fotos e postagens em troca de ser curtido também. Gentes, há necessidade disso? Really? Acho que alguém curte o que você fez porque gosta, não por uma troca safada de interesses – e qual é seu interesse? Aparecer? Pendura uma melancia no pescoço, já diria minha avó!

 

c. virar “blogueira” (profissão): nada contra, em absoluto. Por sinal, acho muito legal quando alguém, que é bom no que faz, consegue sobreviver apenas disso. Super justo, e tem vários conteudistas que admiro muito. Mas, assim… não é para mim. Eu já tive uma empresa, que não deu certo por pura falta de disciplina. Eu não estou escrevendo aqui pensando em ser lida, vista e reconhecida, nem em monetizar com isso. Eu realmente só preciso de um cafofo para escrever. Além do mais, quer profissão melhor para mim que “bibliotecária”? Tô na minha praia 😉

 

Dito isso, continuemos.

 

O que me impede de sair escrevendo como louca é minha recém-descoberta incapacidade de lidar com o HTML. É super customizável, e tals. Mas eu queria tudo lindo AGORA, eu quero que esteja no layout do jeito que está na minha cabeça AGORA, AGORA, AGORA!!

 

Ok. Senta lá, pessoa de 3 anos.

 

Guardando a ansiedade, e tendo que trabalhar (“NÃO PODE blogar em horário de trabalho, menina! Aiaiai!”), isso aqui virou um exercício de paciência.

 

(Que bom, tenho mesmo que ficar mais zen…)

Um comentário

  1. Oi, Paulla! Exatamente a mesma razão pela qual eu criei o meu blog, mas eu até queria que alguém lesse pra eu poder trocar opiniões sobre as obras lidas, sabe? É muito legal!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s