Foto dos livros comprados na queima da UNESP

Livros que comprei: março/abril

Quem já me lê há algum tempo sabe que um dos meus objetivos para esse ano era não gastar dinheiro com livros. Eu tenho livros de literatura a dar com o pau em casa, e ainda os digitais e as bibliotecas públicas daqui, totalmente à minha disposição.

MAAAAS livros técnicos não têm restrição. Não sei se eu não acreditei que encontraria tantos livros técnicos assim com os quais gastar dinheiro, ou se meu subconsciente decidiu por essa promessa de propósito, sabendo que ele ia achar um brecha para entrar na livraria e gastar OS TUBOS.

Sei que já comprei mais livros esse ano do que o ano passado inteiro ¬¬”

Mas vamos à lista, então!

Foto dos livros comprados na queima da UNESP
Livros da queima da UNESP – pode queimar sempre, viu?

No final de março, uma colega virtual (tks, Luciana!) postou no Insta que a livraria da UNESP estava fazendo seu bota-fora anual. Eu JURO que entrei para olhar sem muitas pretensões, mas… né?

Foram 8 livros, a 91 reais. O valor normal seria de… acho que 350, rsrs. Então, assim, foi uma oportunidade, gentes, eu não podia perder!

Livros (na foto acima, mas não dá pra ler, e eu já os espalhei pelas estantes:
– Longe do Brasil, do Lévi-Strauss
– Sobre Educação
– A reunificação da Alemanha
– Anísio Teixeira: a polêmica da educação
– Che Guevara
– A filosofia americana
– A impostura científica em dez lições

E isso  foi só o aquecimento!

Em abril rolou a famosa feira de livros da UFPR, num campus que dava pra chegar facinho pegando o ônibus lá em casa (onde em Curitiba não dá pra chegar facinho, gentes?? Pessoal aqui reclama porque nunca teve que andar de busão no RJ – vai lá pra ver, vai!)

Capa dos livros A divina comédia, em 3 volumes, e O mundo muçulmano
Presente do marido: A divina comédia, em 3 volumes, e O mundo muçulmano

– A Divina Comédia em ed. epecial, 3 volumes, bilíngue, em com essa caixinha muito bunitinhaEsses dois primeiros eu comprei de presente para o Marido (talvez para comprá-lo, para ver se ele ia reclamar menos de me ver comprando MAIS LIVROS – é ele quem recebe minhas encomendas de livros no trabalho dele… e ele já havia recebido o pacotão UNESP aí de cima 😛

– O povo muçulmano. Porque Marido é estudioso extra-curricular, e faz tempo já que o interesse dele está entre Judeus e Muçulmanos (num é lindo, gentes, marido estudioso?!)

Capa dos Livros de Biblioteconomia, Arquivologia e Ciência da Informação
Livros de Biblioteconomia, Arquivologia e Ciência da Informação

A Eduel tava lá com um estande bem lindinho, e lembrando que a UEL é a estadual daqui que TEM Biblioteconomia, fui lá dar uma fuxicada. Voltei com os três aí de cima:

– Biblioteca escolar (esse para usar na dissertação)

– Compartilhamento da informação, assunto muito em pauta hoje em dia

– Arquivologia, pq… áreas afins também interessam, é bom não ser alienada.

Capa de livros de autores franceses
Livros variados de autores franceses ❤

Na bancada da UNESP (porque, né, OITO LIVROS ainda não haviam sido suficientes, comprei essas belezinhas aí… que na verdade eu tava querendo fazia tempo, mas sempre arrumava uma desculpa para não levar. São meus franceses favoritos, o Chartier eu li bastante na graduação (tinha uma professora ma-lu-ca por ele), e o Bourdieu vi muito no mestrado (me arrependo de não ter feito a disciplina de tópicos especiais que era sobre ele); o Minois eu não conheço de livros anteriores, mas eu tava maluca por ESSE livro dele:

– A aventura do livro: do leitor ao navegador, do Chartier

– Os usos sociais da ciência, do Bourdieu

– História do Ateísmo, de Georges Minois

Lombada dos livros da Ed. Vozes
Livros da ed. Vozes, que cometeu a COVARDIA de estar com estande na feira!

Para fechar a maluquice, livros da Ed. Vozes. Gentes, olha só, editoras comerciais deveriam ser PROIBIDAS de participar de feiras estudantis – deviam autorizar só as Universitárias. Por que??, você me pergunta; e eu te respondo, ó pequeno gafanhoto: porque eles levam muitos livros NÃO DIDÁTICOS, que têm alto apelo comercial, e que EU QUERO MUITO!!! Mas resisti bravamente, e só comprei livros técnicos/acadêmicos:

– Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Esse eu usei muito no mestrado, com minha professora de Metodologia (AKA: minha orientadora); gostei, e estava pegando emprestado ininterruptamente na instituição em que trabalho. Mas como esses livros eu gosto (leia-se: PRECISO) rabiscar e marcar para realmente absorver o conteúdo… aproveitei a oportunidade e comprei. Recomendo bastante, gosto dele.

– Ensinar na Universidade (vai que consigo voltar pras salas de aula…)

– Kant (não lembro o nome, mas eu gosto de lê-lo, e custou 3 pilas!)

– 10 lições sobre Hannah Arendt

E assim terminam as aventuras bibliotecárias de março/abril.

(Ou não, né? Ainda falta uma semana para abril acabar ^.^)

PS. Não, eu não caí na do Book Haul novamente (sobre o que eu estou falando? Clica aqui). Esses daqui eu comprei porque são técnicos, a maioria eu já queria, e eu ia comprar de qualquer forma. 😛

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s