Sobre a vida acadêmica #4: Sobre o meu mestrado – disciplinas e (futura) defesa

Então, deu para perceber que estou meio ocupada: meu último post foi há 15 dias! Estou mais do que na reta final do mestrado, tenho em média um mês para entregar a versão final final para a banca… e ainda tem tanto para fazer! Então, como eu estou “monoassuntática” e só sei falar disso, retomando minha minissérie de posts sobre minha (pra lá de louca) vida acadêmica, algumas considerações sobre o mestrado.

DISCIPLINAS

Cada mestrado sugere um fluxograma de disciplinas para o aluno. O meu sugeria 3 disciplinas no primeiro semestre, sendo duas obrigatórias, e uma optativa; mais três disciplinas optativas no segundo semestre, uma atividade complementar no terceiro (é bem legal, que dá para puxar de outra instituição); e no último ano, as atividades de pesquisa para a dissertação.

Geralmente, uma das obrigatórias é metodologia de pesquisa – isso porque, a não ser que você tenha feito um PIC muito bom na graduação, você não faz A MENOR IDEIA do que é operacionalizar uma pesquisa decentemente. O outro “geralmente” é que você vai ter que assistir as disciplinas ministradas pelo seu orientador. Afinal, se você escolheu o orientador é porque o que ele sabe vai te ajudar no seu trabalho, certo?

“Ahhhh, mas como é que eu escolho a disciplina optativa??” Como eu falei aqui, cada professor oferece uma disciplina durante o semestre, e, acredite, elas são absolutamente variadas. Você precisa ver o que você quer escrever na sua dissertação e procurar algo que te agregue conhecimento – e, claro, precisa da autorização da sua orientadora, para tudo. EEE para complicar, tem um mínimo de disciplinas a serem feitas dentro da sua linha de pesquisa (cada disciplina ofertada é enquadrada em uma das linhas de pesquisa que a instituição apresenta).

Dito isso, eu cursei as seguintes disciplinas durante meu mestrado. O link da página do PPGCI IBICT onde se encontram as ementas táqui ó.

  • Perspectivas da Ciência da Informação (obrigatória) – boa principalmente para quem nunca teve contato com a área, mostra de forma panorâmica – bem legal
  • Metodologia de pesquisa (obrigatória) – boa pelo motivo que expliquei acima 🙂
  • Informação para conhecimento e inovação (optativa) – como o nome diz, falamos do emprego da informação para fomentação do conhecimento e inovação, como em centros de pesquisa, economia criativa… a melhor turma que tive, êta pessoal bom!
  • Comunicação científica (optativa)- ótima! Eu gosto da parte de divulgação da ciência, formal e informal. Inclusive, arrumei uma bolsa em uma revista de divulgação em saúde, indicada pela professora dessa disciplina.
  • Informação, Cultura, Ciência e Tecnologia (optativa) – ministrada pela minha orientadora, fala exatamente do que diz no título, srsrs
  • Informação e memória (optativa) – bastante histórica, muito McLuhan, mas também de olho no futuro, na memória que formamos hoje
  • Atividade complementar I (obrigatória) – Eu fiz estágio docência! Só é obrigatório para quem é bolsista – e eu cheguei a ser, por um momento… mas escolhi o estágio docência porque já estava ministrando aulas e aproveitei o embalo *_* adoro!
  • Pesquisa Dissertação I (obrigatória) – aqui é a disciplina onde você começa a escrever efetivamente os capítulos da dissertação; ela desemboca na qualificação
  • Pesquisa Dissertação II (obrigatória) – depois que você qualifica, você termina de escrever sua dissertação, consolidando a pesquisa; termina com a defesa
  • Complemento de Dissertação (optativa) – para os atrasildos (like me!) que não conseguiram/puderam terminar em tempo, a disciplina é a extensão final que podem te dar para terminar seu trabalho. Tô nessa! Precisa terminar com a defesa da bichinha 😛

E A DEFESA?

Bom, depois da qualificação, você termina sua pesquisa. Aplica questionário, faz análise de dados, whatever. Um mês antes da data prevista da defesa, você precisa fechar a parte escrita e entregar seu material para a banca analisar – e isso é muito difícil! Sempre que eu olho eu vejo os erros, eu penso nos textos que poderia ter lido e incluído, acho algum erro crasso que “meudéeels, como deixei isso passar??”. Mas você TEM QUE FECHAR essa joça para entregar.

Na data marcada você apresenta; a banca vai analisar sua apresentação e seu texto, e te informar o veredicto: seu trabalho foi bom o suficiente para você ser considerado um MESTRE?

 E então… minha data é no meio de agosto. O que significa entregar a bichinha pronta até 20 de julho. 28 dias. 2-8-D-I-A-S. Nome de filme, né?

Se eu passar os próximos 28 dias em silêncio, foi porque terminei. Ou morri valentemente tentando!

Um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s