Pilha de livros grossos

3 patacas a serem lidas em 2017

Continuando a conversa do último post, eu quero que 2017 seja o ano das patacas. Tudo bem que eu queria que o 2017 fosse o ano de um monte de coisas, e estamos já em abril e eu ainda não sei o que esperar mais do período.

“Pataca” pode ser sinônimo de dinheiro. Mas aqui em casa essa palavra sempre foi sinônimo daqueles chinelos com salto alto, de borracha que, sinceramente, e peço desculpas para quem usa, achamos horrorosinho 😛 E de uma apropriação à outra, pataca virou sinônimo (ainda aqui em casa, fique claro) da largura do objeto. Uma pataca de notas, uma pataca de papel, uma pataca de livro. Pataca, calhamaço, chaprosca.

Eu considero uma pataca um livro com mais de 500 páginas, geralmente com BEM MAIS que 500. Estou com algumas na lista de leituras – inclusive recém-compradas. Habemus esperança que essas leituras rolem ainda esse ano:

Capa do livro Jonathan Strange & Mr. Norrell, de Susanna Clarke1. Jonathan Strange & Mr. Norrell

Considerado “uma fantasia para adultos”, comprei por 10 pila. Com acanhadas 824 páginas, demorou 10 anos para ser escrito. Dizem que é bom, e estou protelando a leitura para baixar as expectativas 😛

2. Pilares da TerraCapa do livro Os pilares da Terra, de Ken Follett

Esse foi comprado na última loucura que tive no site da Amazon. Tô prometendo o livro ao maridão há uns 5 anos, e pareceu propício o valor estar mais baixo do que nunca havia visto. Dei uma folheada e adorei o estilo de escrita – apesar de gi-gan-te parece que desce fácil – apenas 944 páginas.

Capa do livro Atlas de Nuvens, de David Mitchell3. Atlas de nuvens

Não é exatamente uma pataca – uma pataquinha, vai? Passa da linha das 500 por apenas 44 páginas. Tenho livros maiores que esse aguardando na estante; mas esse é o <3. Amei o filme, e dizem que o livro é muito muito bom – acho que estou economizando ele, com pena de lê-lo, na verdade.

Espero ter fôlego (acho que isso eu tenho) e foco (isso DEFINITIVAMENTE eu não tenho) para completas essas leituras esse ano. A vontade existe, mas eu sou atropelada por livros “mais urgentes” e acabo deixando minhas patacas de lado. Mas… agora vai (eu acho!)!

Um comentário

  1. Li Atlas de Nuvens recentemente e indico! Foi uma experiência incrível de leitura, acredito que você vá gostar. Confesso que esse foi o maio livro que li esse ano, tô fugindo dos calhamaços :}

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s