Header Top 3 livros Muquifo Literário

Top 3 um monte de coisas de livros

3 autores que estou “descobrindo agora”:

– Kurt Vonnegut (não o “Cama de gato”, os outros livros)

– Gabriel Garcia Marquez (só havia lido 1 livro dele, na adolescência)

– (espaço em aberto, acho que tô meio repetitiva com autores…)

 

3 livros que ainda não consegui terminar de ler, mas quero:

– Drácula, Bram Stoker

– Angosta, Hector Abad

– História secreta, Donna Tart

 

3 livros que provavelmente não vou terminar (abandonei):

– Você é minha mãe?, Alison Bechdel

– Cidades invisíveis, Italo Calvino (é fininho, mas eu não consigo terminar!!)

– A menina que roubava livros, Makus Zusak

 

3 autores que vem na minha cabeça sem pensar muito:

– Neil Gaiman

– Sidney Sheldon

– Marion Zimmer Bradley

 

3 gêneros favoritos:

– Ficção científica (especialmente distópica)

– Não-ficção (História Mundial, Sociologia e técnicos em Ciência da Informação, especialmente)

– Empate técnico entre “romances” (no sentido de ficção, não de livros românticos) e Chick Lit – sim, eu adoro, me julguem! É o que eu uso para esvaziar a cabeça

Ps. menção honrosa aos YA, que sempre fizeram parte da vida, apesar de tudo

(ou seja, um bilhão de gêneros favoritos, rsrs!)

 

3 livros que mais devo ter relido na vida:

– As brumas de Avalon, livro 1

– Harry Potter (todos)

– A herdeira, Sidney Sheldon

[obs. todos fixações de adolescência – hoje em dia eu releio pouquíssimos livros.. na época eu tinha mais tempo, rsrs]

 

3 infanto-juvenis marcantes:

– Meu pé de laranja lima (chorei litros, e ainda choro!)

– Todos do Pedro Bandeira (Os Karas, eu te amo!)

– A coleção Vagalume, O-BÓ-VIO!!

2 comentários

  1. Olá Paulla

    como vai?
    Sempre leio seu blog, porém, nunca comento.
    Hoje, quando li que você está “descobrindo” Gabriel García Marquez, que eu adoro, tive vontade de sugerir meus favoritos: “Cem anos de solidão” (lí e reli umas cinco vezes de tanto que gostei), “O amor nos tempos do cólera” (o livro que conta de um amor que não perde a esperança) e “Crônica de uma morte anunciada” (é simples e incrível).
    Abraços
    Jaqueline

    Curtir

    • Oi Jaqueline!

      Que bom que você comentou dessa vez, sempre gosto de ler quem passa aqui! Eu li o Amor nos tempos do cólera, mas faz teeempo, e acho que não tinha noção da profundidade de certos pensamentos… já querendo reler ❤ Obrigada pelas dicas, eu vou procurar!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s