Paraíso Perdido, Pablo Auladell

Título: Paraíso Perdido

Autor: Pablo Auladell, adaptação da obra de John Milton

Editora: Darkside

Páginas: 321 p.

Ano: 2018

Formato da leitura: Livro físico

Sinopse: A obra colossal [de Milton] foi reimaginada pelo premiado quadrinista e ilustrador espanhol Pablo Auladell. Com seu traço sombrio, quase desolado, o tributo captura o lirismo de Milton para quem ainda não teve o prazer de ler os cantos originais. Ao mesmo tempo, complementa a experiência do leitor, dando ainda mais vida ao texto. Assim como o poema ganhou notoriedade pela beleza de suas palavras, a graphic novel conquista pelas imagens, retratando a complexidade e tragédia de uma história atemporal com um toque pessoal, mas que respeita totalmente o texto original de John Milton.

Por seu belíssimo trabalho em PARAÍSO PERDIDO, Auladell ganhou o grande Premio Nacional de Cómic, da Espanha.

Opinião: A Graphic Novel é baseada na tão famosa história do autor inglês John Milton, publicada em formato de poema em 1667 (há divergências quanto à data).

[Curiosidade: o nome adotado pelo tinhoso no livro/filme “Advogado do Diabo”, magistralmente interpretado pelo Pacino, é John Milton, por causa do autor – ps. o final das obras é diferente, e eu recomendo as duas].

Para quem não conhece a história, Paraíso Perdido fala sobre a guerra no céu que ocasionou a queda de Lúcifer, a Estrela da Manhã, seus motivos e sua posterior vingança. Para mim foi uma surpresa, pois a motivação apresentada diverge um pouco (bastante) da que conhecemos pela bíblia. Não vou falar qual para não dar spoiler, mas eu fiquei gratamente surpresa.

Os desenhos e imagens são absolutamente lindos. Não tem muito haver com o que esperamos de quadrinhos tradicionais, em termos de saturação de cor, e mesmo de distribuição de diálogos nas páginas – várias passagens sem balões de diálogo, por exemplo.

A qualidade da edição é obviamente outro ponto – os quadrinhos da Darkside geralmente são muito bem acabados.

Não é um livro barato (definitivamente), mas eu acho que vale a compra. Eu prefiro ler quadrinhos e graphic novels em suporte físico; acho mais agradável e absorvo melhor o conteúdo – e quadrinhos são os poucos tipos de livro que eu dificilmente passo pra frente.

Vale? Vale. E você, já leu?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s